segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

mafagafo 2

20 comentários:

Anónimo disse...

NÃO ENTENDI...

Mauricio Rett disse...

Oi, Laerte! Já ouvi falar muito da personagem "puta cega", mas nunca vi essas tiras. Seria possível postá-las por aqui? Grande abraço!

diogo disse...

e por falar em pássaros, eu também vou arriscar um pedido: não sei se era bem uma série, mas as tiras eram ótimas: aquelas, com 2 pintinhos amarelinhos, que você dividia a tira em 10/12 quadrinhos.

Paulo Ugolini disse...

"desmafagahechor" é genial

Anónimo disse...

Viva Goya!

Leandro Robles disse...

Mafagafos: aves ou uma linhagem perdida, descendente dos pterossauros?

André Lasak disse...

Eu rio sozinho imaginando a voz do filhote gritando "DESMAFAGÁFAME!"

HAHAHAHAHA

Hemeterio disse...

Nada a ver com o assunto, mas me deu vontade de dizer que a melhor HQ do Laerte, na minha opinião, é a Insustentável Leveza do Ser ( acertei o nome?) prot-agonizada pelo Renato.

Anónimo disse...

'Gelo na Boca- Confissões de um Pobre-Diabo' é a novela mais legal da literatura brasileira desde A Polaquinha do Dalton Trevisan.
Poucos malucos a leram.
Perguntem pro Xico Sá.

O comentário da tira 'Eu, Travesti n°2' pode refrescar as memórias dos desatentos.

O '171' de Dionísio Galalau parece o Voltaire dando uma de Xerazade ao adaptar o Candido as 1001 Noites. Bravo!!Uma 'Ode' ao poder da palavra, essa que pára a bala, encanta o Sultão e assopra o blues!!
JÁ QUE ESTÃO PEDINDO:
"O LEÃO" bem que podia aparecer por aqui, Heim? O Grande Rei da Selva!
um abr
e
Vinho e Vida
J.R.Bazilista, O Taxidermista

goiabazul disse...

animal! obrigada!!

mario teixeira disse...

seria bom mesmo ver a série do leão de novo, aquela da borboleta e do natal, que eu lembro bem, são lindas.

João da Silva disse...

Eu acho legal sempre a arte que imita a vida e que só lembra a vida. Um bêbado cambaleia e remonta a outro bêbado que cambaleia e, não duvidem, a também outro bêbado (que cambaleia). Um comilão que parece mais um... por aí.
Duvido que o preceptor de Cândido, Pangloss (é assim que se escreve? -recordo-me mais da personalidade, que lembra outras personalidades), fosse o único a querer configurar ali o melhor dos mundos possíveis.
Ademais, voltando, quem opta por adquirir urso empalhado, não escolhe pela técnica, da magistral feitura... gosta mesmo é de urso que lembra outro urso, que lembra outros ursos.
No meu parecer, não há criador que tenha criado algo antes de Deus. Abraços

Thiago disse...

Já que é pra pedir... podia matar a saudade com Los Tres Amigos bem antigona...

:)

Marcelo Mendes disse...

Laerte, o que você tem feito neste espaço de tirinha é algo que nunca havia sido feito. Eu pelo menos não conheço trabalho igual. Não é uma história linear, de continuação, como as clássicas, nem o espaço exclusivo de humor. Isso é muito legal. Apesar disso, sinto falta de novas histórias grandes, como Vila Madalena, Fadas e Bruxas... Espero que haja alguma coisa assim em seus planos. Abs!

Pipa disse...

Laerte,
Sim, eu conheço a novela "Gelo na Boca". Tenho o prazer de ser amigo pessoal do autor e posso dizer que tal texto mudou minha vida. Lê-lo foi uma verdadeira epifania e hoje sou um homem de Deus, frequento a igreja todos os santos domingos e me considero uma pessoa abençoada pelo divino. Obrigado J. R. Bazilista. Minhas dívidas eternas.
Amém.

(required field must not be blank) disse...

Uma pergunta. A mafaguafa do primeiro quadrinho é baseada em alguma figura do Vallejo?

Gabriel Girnos disse...

Laerte,

Acabei de descobrir este seu blog. Fã de muitos anos, fiquei muito feliz.
Eu ia postar no meu próprio blog uma descobri olhando uma cena de "meu marido empalhado" que eu havia escaneado do jornal (não sou assinante da folha). Foi olhando o arquivo que vi, pequenininho, este endereço...

A propósito, a série dos mafagafos é uma das minhas preferidas.
"desmafagahechor" é genial (2)


Faço eco à pergunta do comentário anterior ao meu: eu tinha a vaga impressão que a Mafagafa espanhola era baseada em alguma das figuras do Max Ernst... seria isso mesmo?

Alan Moura disse...

Gabriel, moço, o Laerte mudou de casa, dá uma olhada no último post. Sorte sua eu estar passando por essa rua e te ver. Abraço

San Sin Sonido? Tartamudo disse...

Goya by Laerte. Guau!Ficou guay.;-)

Otávio Barreto disse...

oi laerte vc tem orkuto que eu mando a hq que vc pediu pra da uma olhada otaviotelesbarreto@hotmail.com

Etiquetas