sábado, 1 de novembro de 2014

15-09-2014


1 comentário:

Douglas de Oliveira Tomaz disse...

Laerte, amo tanto o que você faz, tanto tanto. Em meio a tanta opressão, você alivia. Me faz sorrir após uma madrugada tensa. Amo você por tabelinha.

Etiquetas