quinta-feira, 22 de setembro de 2011

17-09-11

9 comentários:

João Carpalhau disse...

Tá aí uma tirinha visceral! Muito boa Laerton!

Anónimo disse...

tudo está interligado. assim na terra como no céu. mateus 19:5. tal em cima, embaixo. máxima da alquimia. jung e o sincronismo. teoria do caos: um punhal de madeira rasga o ventre de um cineasta lá no japão, no brasil o sobrinho se abaixa presa de terríveis cólicas. vejam, o desenhista ainda nem fizera a tirinha e eu já tinha pronto este texto. viver é perigoso.

marcia franco disse...

que alegria encontrar 3 tirinhas no mesmo dia! a sequencia do aquário está ótima (adorei o pé dos peixes) :)

Edilson Marques disse...

Caramba, Laerte. Tem dias que você está IMPOSSÍVEL.

É, visceral MESMO.

Sergio P. disse...

Credo... ta tao pequeno que nem consigo ler direito... nao da pra colocar um pouco maiorzinho? por favor...

Eduardo, São Paulo. disse...

Salud, Don Laerte.
Passei para lhe dizer um trecho de um poema de um dos meus heróis, o turco Nazim Hikmet. As prisões turcas eram das mais violentas, e a tortura contra os presos políticos era um negócio quase inominável. Nessas condições, Nazim Hikmet escreveu uma carta em versos para a sua esposa, que se encontrava na clandestinidade:

Eles nos pegaram. A mim,
no interior das paredes,
a você no exterior.
Mas o que nos acontece
não é o pior.
Pior é a prisão do espírito.
A maioria dos homens está
nessa situação.
Homens honestos,
trabalhadores e bons,
dignos de serem amados
assim com eu amo você.

...

A propósito, eu gostaria de saber se você ainda se reinvindica um comunista. Seria interessante termos um comunista transgênero, para bagunçar ainda mais a cabeça dos reacionários. Em Cuba, o último congresso do PC foi aberto com uma parada gay.

Eduardo Vianna disse...

Opa, deixa eu fazer uma correção aqui de uma coisa que escrevi no teu blog.
Não foi o congresso do PC cubano que foi aberto com uma mobilização LGBT, mas houve uma dessas, até muito expressiva, entre as comemorações do 1o de Mayo, com o PC -- um negócio muito relevante em Cuba. Eu aqui vou nutrindo a esperança de que o comunismo experimente toda uma revitalização a certa altura desse nosso século, ainda que devamos ser esperançosos apenas moderadamente. "A esperança", dizia o Barão de Itararé, "é o pão sem manteiga dos desgraçados". Será mesmo?
Mas em Cuba está faltando reabilitar a figura de Reynaldo Arenas, assim como reabilitaram, já há tempos, a de José Lezama Lima.

Anónimo disse...

Clica em cima pra ler maior, Sergio P.

Anónimo disse...

COMUNISTA IMBECIL (PLEONASMO) TEM QUE MORRER MESMO SOB FORMA DE TORTURA!!!!!!!!!!

Etiquetas