sábado, 17 de setembro de 2011

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

terça-feira, 6 de setembro de 2011

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

sábado, 3 de setembro de 2011

sobre incorreção política

Family Guy é um seriado que se aponta como exemplo de humor “politicamente incorreto”.
E é, no sentido de que essa expressão deva significar abordagens cáusticas e contundentes dos temas.
Mas me ocorreu comparar as traduções em português do título e da canção-tema.
Em inglês está presente grande dose de cinismo e de ironia. “family guy”, “good ol' fashioned values” - o sentido original desses termos, que remete às tradições americanas mais conservadoras, vira do avesso com qualquer momento da série - incluindo a própria apresentação, em versão reduzida.
O título e a letra em português elaboram um duplo sentido bobo e antiquado com a palavra “da pesada”, insinuando que o personagem é gordo.
Quanta elaboração, não?
É a diferença entre a incorreção politizada e a despolitizada.

A letra em inglês de Family Guy:


Louis: It seems today
that all you see
is violence in movies and sex on T.V.

Peter: But where’re all those good 'ol fashioned values on which we use to rely?

Chorus: Lucky there's a Family Guy
Lucky there's a man who
positively can do
all the things that make us-

Stewie: Laugh and cry

Chorus: He's a Family Guy

E em português:
Parece que hoje
Só o que se vê
É violencia e filmes de sexo na tv

Mas onde estão os bons e velhos costumes
Que costumavámos ter?

Uma delícia de família
Vivendo em harmonia
Sempre com alegria
Sorrindo todo dia

Contando piadas

Uma família da pesada




quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Etiquetas