terça-feira, 15 de julho de 2014

19-06-2014 PEQUENO TRAVESTI 7/13


14 comentários:

Carol Flor disse...

hahahaha muito bom

Lucas Martins Dias disse...

#killedMirela

Anónimo disse...

brilhante

Anónimo disse...

Isso, vamos matar as mulheres que se recusam a ver homens vestidos de mulheres como mulheres. Morte às TERFS!

Inacreditável essa incitação à violência vinda de você, Laerte. Eu esperava mais do autor que eu amo desde a minha adolescência.

Vergonha, nojo, horror.

Hugo Eustáquio disse...

Anonimo(a):
Eu esperava que alguém que lê Laerte desde a adolescência entendesse as piadas do laerte...

Acreditar que o tema da tirinha entitulada "Pequeno Travesti" seja intolerante... Também pareceu pouco típico de alguém que tem hábito de leitura.

Anónimo disse...

Anonimo: concern troll em português, e defendendo um grupo que por definição é tão bizarro quanto MRAs, não soa bem. vaitomar.

Anónimo disse...

O transativismo é que tem ligações com MRA. Pra quem não conhece, leia um pouco sobre cotton ceiling e vejam como o transativismo americano basicamente advoga entrar em espaços exclusivos femininos e dizer que lésbicas que se recusam a fazer sexo com mulheres trans são transfóbicas.

E eu sei muito bem interpretar essa tirinha. Eventualmente o pobre garotinho travesti convencerá a menina de que ele é menina também e o primo vai desistir de matá-la. E se ela não fosse convencida, aí matar estava ok? Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Interessante como quem defende esse grupo logo vem com agressão: vai tomar...

Não espero nada melhor mesmo.

Anónimo disse...

E Hugo Estáquio, ao invés de atacar meus hábitos de leitura, os quais você desconhece, que tal contra argumentar sem recorrer a argumento ad hominem?

Laerte disse...

“Eu sei muito bem interpretar essa tirinha” - esta frase contém todo o autoritarismo que justifica a minha reação, “anônimo”. Censura, manipulação etc.

Bruno Lopes Lima disse...

Acho que anônimo quer briga e não expor idéias. Uma pena. Porque a o confronto de idéias poderia ser interessante.

Sou leitor de Laerte há décadas. Só lê quem quer. Tantas vezes eu discordo ou não gosto... Essa tirinha de agora pisa em ovos mesmo. Mas arte não é assim mesmo?
Não digam que Laerte está louco. É só um jeito de corpo: não precisa ninguém acompanhar.

Laerte disse...

Tem mais de um “anônimo” aqui. Vou me referir a esta como Censora Anônima. Que é o que ela quer - não briga, senão ela vinha com a própria cara. Quer “instigar” mesmo, com seu Lukács comprado em desmanche. Ai de nós se gente assim toma o poder.

vt disse...

O que Lukács tem a ver com isso?

guzwb disse...

q incitamento à violência o quê.

Escafandrista disse...

Laerte escrevia Piratas do Tietê e agora vêm reclamar de incitação à violência?
A adolescência dessa anônima deve ter acabado no ano passado, só pode!

Etiquetas