terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

12-02-12

8 comentários:

Anónimo disse...

o rabo é sempre de macaco. quem o tem sofre como o diabo, que é também um macaco. Mas esse é mais um problema do Ego, que é também um macaco, que é também o diabo.

Se o rabo é de macaco, a cara tende a ser de Leão. Quem a tem, pensa que sofre; na verdade, goza. É possível ver o próprio rabo, mas a cara de Leão é oculta, interior, e só se vê nos sonhos e nas tirinhas do Glauco.

Anónimo disse...

e nas tirinhas do Laerte também, claro.

Danniel disse...

Essa tirinha dá um personagem.

Gabriel Garcia disse...

Laerte, em razão da morte da ciclista Julie Dias na Avenida Paulista, estamos pensando em fazer um movimento para ter uma Ciclovia na Avenida Paulista - você poderia fazer uma charge mais ou menos com essas frases: "Chega de Mortes nessa Pista - Queremos Ciclovia na Avenida Paulista" (lógico, voce pode mudar à vontade) - nos sentirímos honrados de utilizar um desenho seu nessa campanha. Obrigado

crocomila disse...

oi laerte! sou sua fã total (tipo muriel total), hehehe
já era fã de vc como cartunista, e agora então, quebrando as barreiras da ditadura do genero! estou em êxtase!
enfim, se um dia vc tiver tempo, dá uma olhada no meu blog de quadrinhos...
http://crocomila.blogspot.com/
tem uma parte que discute um pouco opressão de genero, a partir de uma abordagem feminista:
http://crocomila.blogspot.com/search/label/feminismo
beijo grande!!!!!!!!

crocomila disse...

Poxa Laerte, valeu pela visita, e pelo comentário!!! fiquei super feliz!!!
Olha tem um blog legal dessa cartunista aqui que eu adoro, q discute um pouco essa coisa de identidade de genero e identidade sexual (ela se considera lésbica na alma, mas se apaixonou - e casou - com um homem):
http://www.darcomic.org/2007/12/11/dykewithboyfriend/
Beijo!

João de Oliveira disse...

E aí Laerte?
Sou muito fã seu!
Sou cartunista a algum tempo, e a alguns dias atrás criei um blog para expor meus trabalhos!
Gostaria que você desse uma olhada:
http://garotodaata.blogspot.com
Até mais!

monsieur_rodriguez disse...

Ótima tira, a ditadura da felicidade no faz manter sempre a máscara do sorriso colgate, branco e sem cáries.
Mesmo quando somos perseguidos por monstros invisíveis temos que postar no facebook o quanto somos felizes consumindo.
ótima metáfora sobre o esvaziamento das relações.

@samuelrabay

Etiquetas